Como selecionar os melhores, envolvendo a equipe na tomada de decisão

Uma prática fundamental para o sucesso da empresa é a tomada de decisão baseada em dados, não somente em feeling. Com a contratação de novos colaboradores não pode ser diferente. E há maneiras simples para colocar isso em prática, como provas para avaliar candidatos. Outro meio, mais interessante, é a avaliação colaborativa pelas partes interessadas.

Ao selecionar um candidato, ao passo que todas as partes interessadas são envolvidas no processo, mesmo que seja apenas para atribuir uma nota para o candidato, o processo de contratação é mais democrático e as escolhas mais comprometidas. Não sendo o RH, em hipótese alguma, o “culpado” pela contratação que não está atendendo as expectativas.

Aqui vamos apresentar uma orientação para você organizar este ponto, fazendo a seleção e contratação um processo sério e que envolve todas as partes interessadas.

Imagem mostra uma mulher com muitos papeis nas mãos e post-it's colados pelo corpo, com uma cara de frustrada e contém a pergunta: Sentindo a pressão das vagas que estão complicadas de fechar? Resolva isso agora!

Como fazer?

1) Organize o processo, envolvendo todos desde o início

Descrição da vaga, competências, perfil do candidato, o que se espera, o que não se espera do candidato, tudo isto precisa ser claramente descrito pela área solicitante. No mínimo, deverá estar atualizado e homologando em um lugar (sistema ou arquivos eletrônicos).

Provas do RH podem ser feitas pelo RH, mas provas específicas da área, precisam ser criadas pela própria área fim.

2) Todos precisam dar uma nota

Ao decorrer do processo, a avaliação das provas, currículos, pré-entrevistas em vídeo precisam ser avaliadas POR TODOS OS ENVOLVIDOS, o que podemos chamar de grupo de avaliação.

Este grupo normalmente é composto pelo RH, o gestor da área solicitante, seus pares, as vezes algum diretor. Desta forma, cada um dos avaliadores poderá colher suas impressões sobre perfil e competências e dará uma nota.

3) O critério de escolha deve ser único e acordado entre todos

Tendo em vista que estamos aqui buscando atribuir pesos iguais entre os avaliadores, o uso de critérios pré-estabelecidos e o computar de notas por cada grupo deve ser computado gerando uma nota final que é compartilhada entre todos. Desta forma é possível computar de forma clara e decidir com base em dados.

Envolva todos os responsáveis desde o início -> Dê ferramenta para que todos possam avaliar -> Use um critério claro e único -> Faça o grupo decidir sobre quem são os melhores.

Seguindo esta dica, tenha certeza que você terá um processo claro e organizado, fazendo a decisão ser colaborativa e acordada entre todos.

 

Imagem mostra uma mulher com muitos papeis nas mãos e post-it's colados pelo corpo, com uma cara de frustrada e contém a pergunta: Precisa de uma plataforma de recrutamento e seleção que facilite a sua vida? Resolva isso agora!